Como decorar com cactos e suculentas!

   Se tem uma coisa nessa vida pela qual estou completamente apaixonada, essa coisa se chama mini jardim de cactos e plantas suculentas. Além de lindas, essas plantinhas precisam de pouquíssimos (pouquíssimos mesmo) cuidados. Existe uma grande variedade de espécies dessas plantas, com os mais variados formatos, tamanhos e cores, mas em todas elas, uma coisa é certa: cuidar dela não vai ser algo que demande muito tempo e vai te dar um prazer imenso vê-la ficar cada dia mais linda.

   Tanto os cactos quanto as suculentas têm uma capacidade enorme de armazenamento de água, portanto você só precisará regá-las a cada 10 ou 12 dias, se elas ficarem sob o sol constante, ou se dentro de casa, 1 vez ao mês é suficiente (SIM) e ainda, uma quantidade muito pequena de água, dependendo do tamanho da planta ou de quantas plantas você têm no mesmo vaso. Eu coloco mais ou menos 2 colheres de sopa de água para cada cacto, os meus são pequenos.

   Essas plantas também gostam muito de receber luminosidade direta, ao contrário de algumas plantas, você pode deixá-las em locais onde o sol seja bem intenso, mesmo no horário do meio dia. Como são típicas de lugares quentes e secos, como os desertos, o sol só fará bem à sua plantinha. 

   Outra coisa legal dos cactos e das suculentas é que o crescimento delas se adapta ao tamanho do local onde ela está plantada. Se você quer colocá-la em um vasinho no seu quarto, por exemplo, ela não vai ficar muito grande, mas se você plantá-la em um jardim, crescerá muito mais. Existem várias espécies dessas plantas, mas a maioria delas se adapta ao ambiente.

   Plantas sempre trazem alegria a qualquer ambiente, mas nem sempre temos tempo de cuidar delas. As plantinhas suculentas são ideais para quem quer levar um pouco de vida para a casa, mas cuja rotina não permite grandes envolvimentos. Além de tudo, as composições a serem feitas são as mais diversas possíveis! Vejam só algumas ideias:
















Fotos: Pinterest


Júlia Wentz dos Santos

19 anos, taurina. Escritora de gaveta, cantora de chuveiro e futura CSI

Nenhum comentário:

Postar um comentário