Amor



E então, seus dedos dedilharam em meio aos meus cabelos e meu coração dançou dentro do peito. 
Então eu soube o que viria pela frente.
Era amor.
É amor.
Sempre.

21 anos, taurina. Escritora de gaveta, cantora de chuveiro e sonhadora em tempo integral.

Nenhum comentário:

Postar um comentário