Pra eu voltar a me apaixonar

Por que sem você eu te sinto tanto e quando estou contigo me sinto um tanto insensível? Me pergunto isso todos os dias que te vejo. Sonho contigo à noite, te trago pra perto de mim, e  quando te encontro, te expulso pra longe. Acho que gosto sim de ti, mas tenho medo, tenho medo porque não quero me envolver, não quero machucar ninguém, não quero me machucar. Tu te importas se eu me manter fechada por um pouco mais de tempo? Diz que não, por favor. Diz que pra ti, tá tudo bem, diz que até gostas disso, diz o que eu preciso ouvir. Só tu seres paciente comigo e eu prometo que serei o melhor que eu puder, que farei tudo o que eu puder pra te ver feliz. Só não foge. Eu não estou te iludindo e essa não é a minha intenção, mas eu quero tirar um tempo pra mim, um tempo pra eu poder voltar a ser inteira, pra eu aprender a me apaixonar novamente, um tempo pra que, sozinha, eu consiga juntar os pedaços do meu coração. Te entregarei então um coração inteiro, o colocarei em tuas mãos e direi: faças o que quiser. Mas espera, espera que eu prometo que valerá a pena. Não te assustes e não me assuste. Só faça o que estás fazendo, deixes como está. 

19 anos, taurina. Escritora de gaveta, cantora de chuveiro e futura CSI

Nenhum comentário:

Postar um comentário