Galaxy Defenders Stay Forever

Me encantam, as estrelas. Sei que já escrevi sobre isso, mas é algo que realmente fica em mim. O desejo de tocar nas galáxias e constelações, reconhecer as figuras e lembrar dos sonhos.
Pequenas lantejoulas que me encantam, gases e poeira estrelar, brilhos e cores, formas e tamanhos. Ah o universo, um jardim, meu jardim de sonhos, histórias, desejos e por que não desenhos? Ah as estrelas, pequenas flores, perfumes, calmantes, olhos. Letras, formas, números, o futuro, um signo, meu caminho.
Azul, vermelho, gelo, verde, ah as estrelas, olhos na noite, sem rumo, sem nada pra ver, ninguém pra guiar, doces olhos na calada da noite, brilho, luz, gases.
Imagens, lembranças, janelas, minha janela, meu ponto de tranquilidade. Ah, as estrelas, pontos de paz, escuridão, noite, solidão. Só eu e as minhas estrelas, só eu e esse meu sentimento de posse sobre o que não me pertence. Na verdade, são realmente minhas, as estrelas...

"I guess I'm stuck in this mad mad world"

19 anos, taurina. Escritora de gaveta, cantora de chuveiro e futura CSI

Nenhum comentário:

Postar um comentário