Já não sei o que estou fazendo, tão confusa, tão estranha. Tão feliz.
Como se as cores estivessem mais vivas, como se as formas estivessem mais evidentes e definidas, já posso ver tudo melhor. Como se as flores estivessem mais perfumadas e a chuva já não me encomodasse mais. Belo dia de domingo. Na verdade é só mais um domingo chuvoso, mas isso já não me abala mais.
Esse é o tipo de dia que eu preciso para me conhecer, saber de verdade por onde vou andar e quais pedras vou jogar. É tudo um jogo de azar, uma peça errada e tudo vai a baixo, preciso ter mais cuidado e me manter assim. Sinto que posso vencer. Já vejo as cores, defino as formas e já sinto os perfumes, já aceito as gotas de chuva. Está tudo em seu lugar.

19 anos, taurina. Escritora de gaveta, cantora de chuveiro e futura CSI

Nenhum comentário:

Postar um comentário