Passou.


Quando eu olhei pra trás eu vi que de tudo o que eu fiz até então, poucas coisas me restaram. Quando eu olhei pra trás eu vi que pequenas coisas me mudaram, para sempre. E e eu olhei para trás mais uma vez e percebi que eu havia mudado mais do que eu mesma sabia. Cansei de olhar para trás, de viver do passado, de relembrar tudo a todo instante. Cansei de tentar fingir sempre o que eu não sou para tentar voltar atrás. Não volta. Não volto. Não mais.
Passado doce e tranquilo. Presente amargo e conturbado. Futuro incerto e agitado. Tantas coisas pra uma pessoa só. Tantas coisas pra mim. Só pra mim. Meu futuro, meu presente, e meu passado. Passado. Passou. Não volta. Não volto. Não mais.
A partir de hoje sou eu, eu e mais ninguém. Apenas uma face, um gesto, um jeito, um sonho, um amor, uma vida. O passado já não é o que eu quero pra mim hoje, cansei de esperar que as coisas voltem, que eu volte a ser o que nunca fui. Quem sabe um dia as coisas voltem a ser como era antes, mas talvez nesse dia eu já não necessite mais tanto assim do passado. Já não necessito mais.

19 anos, taurina. Escritora de gaveta, cantora de chuveiro e futura CSI

Um comentário:

  1. oi jú,participa da minha nova categoria Seu Estilo,onde vc poderá mandar coisas do seu estilo diurno ou noturno....E amei a cara nova do seu blog!
    bjs
    Clara Rabello do blog No seu mundo na moda

    ResponderExcluir