Cold

Faz bastante frio lá fora, mas seria insensível de minha parte não admitir que faz um pouco de frio aqui dentro. Sempre pensei que essas ''ondas'' de frio só atingissem quem não tivesse meios de tentar fugir delas, mas agora eu vi, esse ''frio interno'' atinge todo mundo, e só aumenta cada dia. Já imaginei como seria poder me aquecer de verdade nesse inverno, mas infelizmente não há muita coisa que eu possa fazer, de verdade. Não tenho coragem de correr atrás da minha única forma de me aquecer neste mais rigoroso inverno. Já pensei em como fazer para conseguir de volta o calorzinho que dominava os ares até algum tempo atrás, mas há certas coisas que passam com o tempo. O frio é uma delas. Vou tentar me proteger, pois se a temperatura cair mais um grau, acho que congelo, internamente. Não vou ficar correndo atrás do sol, a final, ele nasce e se poem todos os dias, mesmo nos dias mais chuvosos e cinzas, eu sei, ele está lá, por mais longe que seja, e por menor que seja seu calor, é ele que me ilumina, e até me mostra quando é hora de acordar. Esse ultimo, ele não vai conseguir tão cedo, a final, o mesmo sol que pode me acordar, é aquele com quem eu mais quero sonhar, nesse rigoroso inverno interno.

19 anos, taurina. Escritora de gaveta, cantora de chuveiro e futura CSI

Nenhum comentário:

Postar um comentário