hm.


Existem tempos e tempos, dias e dias, pessoas e pessoas, ventos e ventos...

Aquele vento trouxe consigo um perfume que eu não consegui explicar, um perfume, uma sensação de liberdade, um perfume, um novo ar, um perfume, algum lugar. Aquele vento me trouxe, sim, um perfume, um perfume inexplicável, de fato, mas um perfume já conhecido, eu sabia de onde vinha, mas não pude me aproximar, um perfume, um frenesi...

Um vento, alguns segundos, um unico sonho, um tempo, e um perfume pra lembrar...

19 anos, taurina. Escritora de gaveta, cantora de chuveiro e futura CSI

Nenhum comentário:

Postar um comentário