.

Tinha dois caminhos a escolher, ou seguia em frente, ou se prendia ao passado, ao doce e suave passado, que nem se comparava comas pedras que teria de enfrentar no caminho, passado que ela sempre sonhou, futuro que ainda teria que conseguir tranformar seus sonhos em realidade, passado que se encontrou, e futuro que ainda teria de se perder e se encontrar muitas vezes, passado certo, concreto e que realmente aconteceu, futuro incerto, duvidoso, sem nada correto...
Ela decidiu deixar o passado como lembrança, doces e suaves lembranças, e seguir em frente, ela sabia que um dia seu passado e seu futuro se chocariam de frente, e aí então ela veria se valeu a pena, mas ela sabia que teria que superar muitas pedras, mas ela já tinha feito isso antes, e só assim seu passado se tornou doce...

19 anos, taurina. Escritora de gaveta, cantora de chuveiro e futura CSI

Nenhum comentário:

Postar um comentário