apenas mais algumas banalidades sociais

As vezes eu me pergunto porque existe relógio se cada pessoa tem seu tempo, porque existe bussola, se cada pessoa tem seu próprio caminho, me pergunto porque existe escola, se quem mais nos ensina é a vida, porque existe livros se a nossa história muda diariamente. Acho que essas coisas existem , para nos fazer seguir algumas regras banais, que tiram a liberdade de quem acredita que seguir estas linhas "lineares" é a melhor escolha, pra quem se priva a regras e detalhes, e esquece que o melhor da vida é simplesmente viver, pra quem planeja todos os dias, pensando em cada minuto, e se esquece que as melhores coisas da vida são aquelas que acontecem naturalmente. Pena que quem resolve 'desobedecer' essas regras da sociedade, e viver de acordo com seus próprios sonhos, é chamado de louco, idiota, fútil, e uma porção de outras coisas, eu prefiro dizer que quem vive assim, fazendo seu próprio destino e respeitando seus próprios tempos, são as pessoas mais felizes do mundo, pois elas não se importam com o que os outros falam, apenas aprenderam a seguir seu próprio destino, e a construir suas próprias marcas, e são essas as pessoas que melhor aprendem a superar cada barreira. Sabe, na verdade, eu queria ser assim , poder seguir meus sonhos, minhas vontades, meus desejos, ter minha própria liberdade, mas pena que eu sou mais uma vitima do relógio, da bussola, da escola, dos livros, e de todas asquelas coisas...

19 anos, taurina. Escritora de gaveta, cantora de chuveiro e futura CSI

Nenhum comentário:

Postar um comentário